PROGRAMA DE REABILITAÇÃO PÓS-AVC DA CLÍNICA DE TRANSIÇÃO PAULO DE TARSO É REFERÊNCIA EM MINAS GERAIS

O acidente vascular cerebral (AVC) é a segunda principal causa de mortes no Brasil e uma das mais recorrentes razões de sequelas e incapacidades no mundo. Mais de 16 milhões de pessoas são afetadas ao ano. O AVC atinge a parte central de comando do cérebro, podendo deixar sequelas, entre elas a perda da mobilidade, dificuldade na fala e em sentir um dos lados do corpo, além de alterações comportamentais.

A Clínica de Transição Paulo de Tarso (única instituição de transição especializada de Minas Gerais) é referência na reabilitação pós-acidente vascular encefálico (AVE/AVC). Quando o paciente passa pela fase aguda da doença, é transferido de um hospital geral para a Clínica de Transição para dar continuidade ao tratamento. Em 2021, 387 clientes com sequelas da doença foram atendidos na instituição.

O programa de reabilitação pós-AVC é desenvolvido por uma equipe transdisciplinar, que inclui profissionais da Fisioterapia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Nutrição Clínica, Psicologia e Neurologia. Juntos, eles elaboram um plano terapêutico individualizado para cada paciente em um ambiente propício para a recuperação.

De acordo com o neurologista da Clínica de Transição Paulo de Tarso, Dr. Diego Dorim, a instituição tem feito um trabalho fundamental para a reabilitação dos pacientes que sofreram um AVC isquêmico ou hemorrágico. “Após passar da fase aguda da doença, essas pessoas precisam ser inseridas em um programa de reabilitação personalizado e adaptado de acordo com suas sequelas, estimulando seu cérebro para a realização de atividades do dia a dia, buscando recuperar suas funcionalidades. Além disso, oferecemos o tratamento com o uso da toxina botulínica, que atua sobre as musculaturas mais rígidas. O medicamento facilita o relaxamento muscular, reduz a dor, ajuda na adaptação de órteses e promove uma melhor qualidade de vida ao paciente”, afirmou.

Compartilhe:

Mais posts

DISARTRIA PÓS-AVC

A disartria é uma alteração da fala provocada por um distúrbio neurológico, como um AVC, paralisia cerebral, esclerose múltipla, doença de Parkinson, entre outros transtornos

ANEURISMA E AVC

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o Aneurisma são doenças que afetam muitas pessoas pelo mundo e se correlacionam, já que a ruptura de um