TERAPIA DA FALA E A REABILITAÇÃO PÓS-AVC

A alteração de fala pode ser uma das consequências do Acidente Vascular Cerebral (AVC). Dependendo do tipo e da localização da lesão, podem surgir diferentes complicações na linguagem (afasia) ou na fala (disartria) capazes de comprometer a efetividade da comunicação.

Após o AVC, é necessário que seja realizada uma avaliação da fala e da linguagem por um fonoaudiólogo para identificar as alterações e dificuldades do paciente. Caso seja necessária intervenção profissional, é elaborado um plano individual para iniciar a Terapia da Fala que busca maximizar a comunicação, aumentar as funcionalidades nas rotinas diárias e a independência.

O apoio da família e dos cuidadores é primordial nestes casos, focando-se no aprendizado de técnicas e estratégias facilitadoras da comunicação. Vale lembrar que o apoio emocional também é extremamente importante, visto que algumas destas alterações podem durar meses ou até mesmo anos e os resultados são vistos a longo prazo.

Compartilhe:

Mais posts

DISARTRIA PÓS-AVC

A disartria é uma alteração da fala provocada por um distúrbio neurológico, como um AVC, paralisia cerebral, esclerose múltipla, doença de Parkinson, entre outros transtornos

ANEURISMA E AVC

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o Aneurisma são doenças que afetam muitas pessoas pelo mundo e se correlacionam, já que a ruptura de um